O (Novo) Novo Mapa dos Sentimentos

Israel Kairós
8 min readMar 8, 2023

O Mapa Antigo dos Sentimentos

Sentimentos, na cultura moderna, são vistos de uma forma bem confusa. Uns dizem para não sentir, outros para aceitar, e ninguém sabe muito bem o que fazer com eles.

Se você está com raiva: “vai correr, descarregar essa mal energia…”

Está com medo? “não pode, tá vibrando baixo” “sinal de fraqueza, homem não sente medo” “para de ser paranoica”.

Está com tristeza? “levanta a cabeça” “sentir tristeza não te leva a lugar nenhum” “para de drama, não tem por que ficar triste” “engole o choro, você não quer ser um estraga prazeres.”

E até a alegria não é bem aceita, pois se estiver alegre demais, então “você é infantil” “você não vê as notícias, é alienado?” “não tem conta para pagar?”.

Em geral, sentir não é bem aceito, e as pessoas vivem procurando válvulas de escape para se livrar dos próprios sentimentos.

E, na verdade, é até que compreensível o porquê das pessoas pensarem assim. Se você não aprendeu como usar seus sentimentos de forma consciente, então eles parecem apenas uma grande pedra no seu sapato, que te incomoda frequentemente e te faz sair do controle.

Assim como o fogo, eles podem ser muito destrutivos se você não souber usá-los, e muito valiosos se você souber.

O Novo Mapa dos Sentimentos

A partir da descoberta de que nossos sentimentos não são um erro de fabricação da espécie humana, mas, na real, são recursos internos que nós podemos utilizar para lidar com coisas em nossa vida, surgiu o ‘Novo Mapa dos Sentimentos’.

Nesse mapa a matemática é diferente. Ao invés da equação básica do mapa antigo (sentimentos = ruim) o Novo Mapa traz uma proposta diferente, com 2 equações que contemplam a dimensão do seu corpo emocional:

1 — [Sentimentos = Energia e Informação neutra para você lidar com coisas na sua vida.]

O que categoriza um sentimento? — raiva, medo, tristeza & alegria. Eles duram menos de 3 minutos, eles são sobre o presente, e assim que você escuta a informação e usa a energia que eles trazem , eles saem, instantaneamente, do seu corpo.

2 [Emoções = portais para curar algo.]

O que categoriza uma emoção? Também podem ser raiva, medo, tristeza & alegria, com o acréscimo das misturas de combinação entre eles, como por exemplo: depressão (raiva e tristeza), solidão (tristeza e medo), agressividade (raiva e medo), e assim por diante…

A diferença principal, no caso, seria que emoções duram mais de 3 minutos e não são sobre o presente, elas nascem de feridas do passado, estratégias de sobrevivência, e contaminações do seu estado de ego.

Emoções também costumam ser desproporcionais ao gatilho que as invoca, mas a pessoa que as sente dificilmente percebe isso, porque de dentro, elas parecem ser bem “reais”.

Essas duas distinções são ferramentas poderosas para navegar seu corpo emocional e criar coisas com seus sentimentos e emoções ao invés de acumulá-los e deixar eles criarem um caos na sua vida, vazando e explodindo de forma inconsciente.

A Exploração de um (Novo) “Novo Mapa dos Sentimentos”

Após usar diariamente “O Novo Mapa dos Sentimentos” por mais de um ano, eu comecei a sentir falta de algo…

Ele é MUITO preciso e na maioria das situações me entregava a possibilidade de um próximo passo claro sem deixar nenhum nó solto: se é um sentimento — escuta a informação e usa a energia, se é uma emoção — leva para um Processo De Cura Emocional, para que seja descoberto o que curar a partir dele, mas a sensação de que faltava algo em alguns momentos começou a me perturbar…

E foi ai, então, que em um Clube do Medo com a Anne-Chlóe Destremau, eu a vi se permitindo redescobrir seu próprio medo, abrindo uma porta para que eu também me permitisse redescobrir a forma como vejo meus sentimentos.

Eu conseguia sentir uma nova distinção ali comigo, ela só não tinha palavras ainda.

Nas últimas semanas fui testando palavras, e praticando com essas palavras no meu dia a dia. Os resultados vêm me trazendo muito mais clareza na minha relação com meu corpo emocional em algumas situações aonde antes eu sentia “faltar algo”.

A Novo Novo Mapa é (até então):

Sentimentos = energia e informação neutra, invocada por diferentes EUs, para lidar com coisas na minha vida.

O que categoriza um sentimento? — raiva, medo, tristeza & alegria. Eles duram menos de 3 minutos, são sobre o presente, e assim que você escuta a informação e usa a energia que eles trazem , eles saem instantaneamente do seu corpo.

Emoções = portais para curar algo. Energia e informação neutra, invocada por diferentes EUs, com diferentes propósitos relacionados a: sobrevivência, expressão inconsciente de sentimentos reprimidos, ações nascidas de vozes parentais, uso dos sentimentos para atender propósitos sombrios, e assim por diante…

O que categoriza uma emoção? Também podem ser raiva, medo, tristeza & alegria, com o acréscimo das misturas de combinação entre eles, como por exemplo: depressão (raiva e tristeza), solidão (tristeza e medo), agressividade (raiva e medo), e assim por diante… Emoções duram mais de 3 minutos.

Emoções são portais para você curar algo porque elas nascem de feridas que o seu SER sofreu (ou proteções que você construiu para que ele não fosse ferido), que não combinam mais com a vida adulta e arquetípica que hoje você quer viver. Elas são portais para curar algo porque hoje são muros que deixaram de proteger seu SER do mundo, e começaram a prevenir o mundo do valor não material do seu SER.

O Novo “Novo Mapa” não anula o mapa antigo, apenas é uma pesquisa para aprofunda-lo.

“Os Diferentes “EUs”- ”

O principal motor para a pesquisa de um novo “Novo Mapa” foi a observação de que meus Sentimentos e Emoções pareciam vir de diferentes “EUs” (partes de mim). Mapeando quais são esses diferentes EUs, cheguei a algumas personificações:

SER: a expressão natural e autêntica do que eu SOU. Ele, frequentemente, usa a energia dos sentimentos como uma ponte para comunicar com o que ele se importa, e para criar a vida que ele quer para mim.

GREMLIN; o rei e rainha do meu submundo, a parte ativa da minha caixa, e uma parte do meu SER, com uma incrível fonte de não linearidade e ação sem limitação por nenhuma regra, lei ou conceito. Um ser selvagem e genial. Pode invocar a energia dos sentimentos por diversos propósitos tanto brilhantes como sombrios, conscientes ou inconscientes. Na maioria das vezes, ele está invocando uma emoção em mim com o propósito de me proteger de algo do passado, atender algum juramento que fiz, ou cumprir algum trabalho que dei para ele.

CAIXA NEUTRA: a camada base da minha caixa feita para lidar com detalhes básicos do dia a dia como: escovar os dentes, pegar ou não pegar o guarda-chuva ao sair, dirigir o carro, juntar palavras ao se comunicar, e etc… Ela costuma invocar apenas pequenas quantidades de sentimentos para lidar com os detalhes do dia a dia.

CAIXA DE SOBREVIVENCIA: essa é a segunda camada da minha caixa, e ela foi feita com o propósito de sobrevivência. Ela usa maiores quantidades de emoções ou sentimentos para sustentar a minha “personalidade” e as diversas outras estratégias de sobrevivência que ela desenvolveu para sobreviver as circunstâncias ao meu redor. Observar as emoções que são invocadas por ela, abre muitas portas. Para PCEs, trabalhos meméticos, e expansões da consciência que deixam esse meu EU (CAIXA DE SOBREVIVÊNCIA ) líquido, e transformam a forma como eu me expresso no mundo, transformam a forma como tomo responsabilidade pela consciência que adquiro.

CAIXA DE EXPANSÃO: essa é terceira camada da minha caixa, e ela nasce a partir de iniciações na idade adulta (Como o Expand The Box), e da escolha de viver uma vida de expansão. Ela se esforça para acolher memes, distinções e histórias empoderadoras que possam me mover em direção à expansão. Costuma usar sentimentos, mas também cria emoções conforme você atualiza seu toughtware e a necessidade de revisão para algumas decisões aparece.

5 CORPOS: Esses são seu corpo Físico, Intelectual, Emocional, Energético e Arquetípico que usam dos sentimentos para pedir pelo que eles precisam e criar coisas na sua vida. Também podem carregar emoções e feridas que precisam ser vistas.

O propósito aqui não é se fragmentar!

Você é apenas um, e todos esses “EUs” trabalham em conjunto dentro de você. O propósito dessa distinção entre os diferentes tipos de EUs é de trazer mais clareza para a sua navegação interna, compreendendo qual parte de você está invocando a química, energia, sensação e informação de cada um dos seus 4 sentimentos básicos, e com que propósito essa parte o está fazendo, para que você possa, conscientemente, decidir o que fazer com isso.

Obs:

Eu não abordei muito isso durante o artigo, mas eu, altamente, recomendo que você se relacione com seus sentimentos usando apenas Raiva, Medo, Tristeza e Alegria. Ao navegar, emocionalmente, qualquer outro (nome para sentimento) que você conheça, você provavelmente vai descobrir que ele tem raiz na mistura de 2 ou mais dos sentimentos básicos. Se relacionar com seus sentimentos e suas emoções, direto na raiz, abre muitas possibilidades de ação e de cura.

EXPERIMENTO:

Para você descobrir se esse novo “Novo Mapa” cabe em você, a minha proposta é de que nas próximas 11 vezes que você sentir RAIVA, MEDO, TRISTEZA OU ALEGRIA, você passe pelo seguinte processo:

1- Eu sinto……. (raiva, medo, tristeza ou alegria) sobre……….

2- De qual EU vem essa…..(raiva, medo, tristeza ou alegria) e com que propósito?

3- Isso é um sentimento ou uma emoção?

4 — Se for um sentimento: — o que você tem para mim? — escuta a informação e usa a energia.

5 — Se for uma emoção: — Anote no final do seu beep book essa emoção. Aproveite para anotar sobre: o que ela é, de qual EU ela vem, que propósito esse eu tem, e leve ela para um PCE.

*eu não utilizo esse processo o tempo inteiro*

Não á necessidade de toda vez que você sentir algo pensar sobre qual parte sua está invocando esse sentimento, esse não é um processo mental. Normalmente apenas sentir o sentimento, e se perguntar perguntar : o que você tem para mim? Já trará um próximo passo claro. Esse processo mais do que nada é: Mais uma possibilidade e ferramenta em mãos para a sua navegação interna. Pode acontecer que as vezes você precise de mais clareza para distinguir se o que você está sentindo é um sentimento (para agir), ou se é uma emoção (para curar). Ou pode até precisar de mais clareza sobre: fazer o que? e curar o que? Nesse caso, essa nova possibilidade pode ser muito util.

Se essa distinção trouxer clareza para você, por favor, compartilhe esse artigo com o seu círculo.

Poéticas considerações finais:

A partir desses novos olhos eu começo a ver os sentimentos como a linguagem de comunicação primal do ser humano. Nossos EUs se comunicam e se relacionam com o mundo através de nossos sentimentos muito antes de descobrirmos o mundo das palavras; talvez seja por isso que a Arte que fala uma linguagem anterior do que a lógica, e é mais próxima dos sentimentos, toca tão profundamente nos nossos corações.

Acredito que é nessa linguagem, que nós, os pais das próximas gerações, precisamos nos tornar fluentes. para que assim criemos um espaço seguro para as crianças no mundo, e as recebamos em sua linguagem nativa.

A linguagem universal não é esperanto, é sentimento.

Quer explorar mais?

Conheça o rico universo de onde essa linda pesquisa nasce: Possibility Management, através de centenas de artigos, centenas de vídeos, diversos treinamentos, SPARKS, workshops, worktalks, centenas de sites e sessões individuais.

Possibility management oferece Toughtware atualizado para você expandir sua consciência, tomar mais responsabilidade, e criar a vida na qual seu SER quer viver.

Confira mais desse universo incrível através do site : https://possibilitymanagement.org/

Se você quiser ficar por dentro das minhas Criações Eventos e Serviços acesse o site: https://israelkairos.com/

Esse artigo foi escrito com muito amor e espero que ele chegue a você como uma fonte de novas possibilidades sobre como usar o poder dos seus Sentimentos Conscientes. Com amor, Israel Kairós.

--

--

Israel Kairós

𝙲𝚛𝚒𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚙𝚘𝚜𝚜𝚒𝚋𝚒𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎𝚜 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚞𝚖𝚊 N𝚘𝚟𝚊 𝙲𝚞𝚕𝚝𝚞𝚛𝚊. //𝐏𝐨𝐬𝐬𝐢𝐛𝐢𝐥𝐢𝐭𝐚𝐝𝐨𝐫 - 𝐂𝐨𝐦𝐮𝐧𝐢𝐜𝐚𝐝𝐨𝐫 - 𝐀𝐫𝐭𝐢𝐬𝐭𝐚